7. Será realmente necessári o sermos doispara se ser feliz?

Pode-se sempre amar. Amar não passa necessariamente pelas relações sexuais. Há o amor amizade, felizmente! Há homens e mulheres que renunciam ao casamento, não por desprezo ou recusa deste, mas por causa de um chamamento exclusivo, que os faz testemunhas no mundo de que o Amor de Deus está primeiro e que pode encher um … Continuar a ler7. Será realmente necessári o sermos doispara se ser feliz?

Bem-aventurados os pobres em espirito- Isaac da Estrela

Todos os homens, sem exceção, desejam a felicidade, a bem-aventurança. Mas têm sobre ela ideias diferentes: para um, a felicidade está na voluptuosidade dos sentidos e na suavidade de vida; para outro, está na virtude; para outro ainda, está no conhecimento da verdade. É por isso que Aquele que ensina todos os homens […] começa … Continuar a lerBem-aventurados os pobres em espirito- Isaac da Estrela

Aborto e a pílula do dia seguinte. Atencao

Aborto: A pessoa eliminada é um ser humano que começa a desabrochar para a vida, isto é, o que de mais inocente, em absoluto, se possa imaginar: nunca poderia ser considerado um agressor, menos ainda um injusto agressor! Está totalmente entregue à protecção e aos cuidados daquela que o traz no seio. E todavia, às … Continuar a lerAborto e a pílula do dia seguinte. Atencao

Os Apostolos testemunhas e enviados de Cristo (Bento XVI)

Queridos irmãos e irmãs! A Carta aos Efésios apresenta-nos a Igreja como uma construção edificada “sobre o alicerce dos Apóstolos e dos profetas, tendo por pedra angular o próprio Cristo Jesus” (2, 20). No Apocalipse o papel dos Apóstolos, e mais especificamente dos Doze, é esclarecido na perspectiva escatológica da Jerusalém celeste, apresentada como uma … Continuar a lerOs Apostolos testemunhas e enviados de Cristo (Bento XVI)

Da-me um coracao manso e humilde

Santa Maria, Mãe de Deus, Dá-me um coração de criança, Puro e transparente como uma fonte. Dá-me um coração simples, Que não saboreie a tristeza, Um coração generoso em entregar-se, Terno e sensível, à compaixão; Um coração grande fiel, Que não esqueça nenhum benefício E não guarde rancor De alguma ofensa recebida. Dá-me um coração … Continuar a lerDa-me um coracao manso e humilde

Oração do Abandono – Charles De Foucauld

Meu Pai, a vós me abandono: fazei de mim o que quiserdes! O que de mim fizerdes, eu vós agradeço. Estou pronto para tudo, aceito tudo, contanto que a vossa vontade se faça em mim e em todas as vossas criaturas. Não quero outra coisa, meu Deus. (Charles De Foucauld) Entrego minha vida em vossas … Continuar a lerOração do Abandono – Charles De Foucauld

Estou em peregrinação até a Casa”, disse o Papa Bento XVI em carta (2018)

Caro Dr. Franco, Eu fiquei comovido pelo fato de tantos leitores de seu jornal quererem saber como eu passo este último período da minha vida. A este respeito, só posso dizer que, no lento declínio das forças físicas, interiormente estou em peregrinação para a Casa. Para mim, é uma grande graça estar rodeado, nesta última … Continuar a lerEstou em peregrinação até a Casa”, disse o Papa Bento XVI em carta (2018)

45. Se a eutanásia não é aceitável, que solução propor para aliviar o sofrimento dos doentes incuráveis?

Esta denominação cobre diversas iniciativas que visam aumentar, não a Òquantidade” de vida do doente – falamos de doentes em fase terminal – mas sim a sua qualidade de vida. Isto significa, em primeiro lugar, fazer tudo para suprimir a dor física, o que é totalmente possível em 95% dos casos, graças a medicamentos analgésicos … Continuar a ler45. Se a eutanásia não é aceitável, que solução propor para aliviar o sofrimento dos doentes incuráveis?

44. Apressar a morte de um doente em coma ou sem esperança?

 Quem ousa dizer que esse ser não deve viver mais? Para os cristãos, pode haver nesse instante um último momento de encontro, de perdão, de oferenda, de amor…. Mas devemos ter por todo homem, crente ou não, um respeito absoluto pela vida e pelo mistério do ser humano. Que será dos Direitos do Homem se … Continuar a ler44. Apressar a morte de um doente em coma ou sem esperança?

43. Para que serve o sofrimento?

Testemunho «Havia já alguns meses que eu me sentia angustiado: dúvidas, sentimentos de culpa, desânimo. Eu tentava resistir fazendo pequenos atos de fé, mas era muito difícil e era preciso recomeçar constantemente. Um dia, em oração, queixava-me a Deus das minhas angústias e, de repente, veio-me este pensamento: “em vez de sofrer e fechar-me sobre … Continuar a ler43. Para que serve o sofrimento?

Dalla parte dei piccoli e dei poveri