in ,

9. É possível ser feliz com um homen ou uma mulher que não seja livre?

Foto di Estefano Burmistrov da Pixabay
  • Diz-se que o amor não se comanda. Então, se eu me sinto atraído por alguém que não é livre? Não será a felicidade mais importante que as regras sociais?
    Num caso destes, é melhor não deixar a atração dar lugar à paixão. O amor não é uma fatalidade, uma coisa que me é imposta por um destino cego. Há um momento em que posso escolher. O verdadeiro amor é aquele em que eu posso dizer um sim livre e alegre à atração do outro.
  • Aquele ou aquela que já é casado e que tenta seduzir um rapaz ou uma moça acha que pode realmente dar o que o amor promete?

Terei eu o direito de fazer desmoronar um casamento, uma família, e de me tornar juíz dizendo “ele era tão infeliz com ela”. Ao preço de sofrimentos para os filhos do outro vou eu construir um novo casamento, e que situação posso eu prometer aos filhos que poderei vir a ter?

  • Há sempre muito sofrimento numa relação amorosa em que a liberdade foi sabotada. E freqüentemente são feitos muitos esforços para justificar aos olhos dos outros – e aos nossos próprios – uma situação que desde o início, não era correta.
  • No mais profundo do nosso coração, a nossa vida exige mais que uma felicidade em que o futuro está mutilado desde o início.

L'articolo continua dopo questa richiesta di aiuto...
SOSTIENI GLI AMICI DI LAZZARO E QUESTO SITO.
Abbiamo davvero bisogno di te!
IBAN (BancoPosta intestato ad Amici di Lazzaro)
IT98P 07601 01000 0000 27608 157
PAYPAL Clicca qui (PayPal)
SATISPAY Clicca qui (Satispay)

SOSTIENI INIZIATIVE MISSIONARIE!
Con il tuo 5 per 1000 è semplice ed utilissimo.
Sul tuo 730, modello Unico, scrivi 97610280014

SOSTIENI QUESTO SITO. DONA ORA con PayPal, Bancomat o Carta di credito

   

Amor Sempre… Amar o que é? (1)

Obrigado a ti, mulher (Joao Paulo II)